Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Um post de Carris sexual....LOL...Fantástico...Ainda não perdi o jeito!!!

Com a crise que se vive actualmente, é perfeitamente normal que os portugueses cada vez mais deixem os carros em casa e comecem a recorrer aos transportes públicos...mesmo que todos eles odeiem o eau de sovacum e velhas com ar de serial killers (algumas não é só o ar, têm mesmo naifas dentro das malas e semi automáticas dentro dos sacos das compras...)!

Hum...Estava aqui a pensar numa forma de tornar as viagens mais...didácticas!

O que é que o tuga gosta? Sim, tirando o cozido à portuguesa...Sim, tirando também passear por jardins feitos papoilas saltitantes (esta carece de confirmação, mas enfim...)....Sim, isso mesmo...Sexo!

Será que se eu propôr à Carris uma carreira a começar na Pontinha, passando pela Damaia (em clara alusão e homenagem ao maior depravado da nossa literatura, o fantástico Carlos da Maia, a quem nem sequer a irmã escapou...) e terminando na Buraca, eles ficam de pensar na coisa?

 

(Ok, esta é uma piada algo elaborada...Porra, mas vai daí também espero dos leitores alguma inteligência...Não pode ser tudo brejeiro!!!)

Twitter papal...

Li algures hoje que Bento XVI rendeu-se ao twitter e escreveu o seu first ever tweet...

Fantástico...Depois do Vaticano ter lançado uma aplicação para IPhone em que o pessoal se podia confessar através das novas tecnologias, nada como agarrar no gajo mais velho lá do burgo e ensinar-lhe umas coisas...

Aguardo agora com alguma expectativa o momento em que Bento XVI irá ter a sua first ever sessão de Chatroulette, criar o seu primeiro perfil falso como Judas (Estão a ver? Também sei fazer piadas religiosas quando quero...) no Badoo ou passar noites em claro a criar grupos no Facebook intitulados "I really love Jesus...I would love him even more if the sick bastard wasn't looking over my shoulder everytime i'm taking a dump..."...

3 razões válidas para reformar o PC...

- Quando a temperatura do processador é tão elevada que em vez de jogar "Angry Birds", mais vale fazê-los de churrasco...

 

- Quando uma ventoinha que supostamente devia dissipar o calor, limita-se a fazer barulhos estranhos semelhantes a uma turbina nuclear...

 

- Quando um disco rígido de 60 gigas alegadamente consegue ter 87,2 gigas de conteúdo no interior...Deus especializou-se na multiplicação dos pães...Eu especializei-me na criação de espaço onde ele não existe...

 

:)

Existem 1001 razões...

...para eu gostar de arraiais!

...

Agora de repente não me recordo de nenhuma...Estranho...Deve ser da quantidade absurda de álcool que consumi...

Ahhh...É isso...Quantidades absurdas de álcool...Ora aí está uma razão...

Agora que começo a ver as coisas com mais claridade (isto de ser meia noite e ainda ter os óculos escuros colocados tem os seus inconvenientes...), há mais umas quantas coisas...

Gosto particularmente de nestas alturas festivas haver sempre um gajo com um teclado a tocar todo o reportório de música pimba que existe em Portugal (alguma dela que eu até desconhecia a sua existência e que para dizer a verdade, preferia ter ficado na estupidez...)...O problema nem é o teclado...Nem sequer os 7 frascos de gel que o teclista do arraial onde estive tinha no couro cabeludo (admito, houve momentos que me apeteceu puxar fogo ao gajo...Instintos piromaníacos...)...Já é mau o suficiente o gajo conseguir assassinar determinadas músicas simplesmente ao tocá-las, mas de cada vez que o tipo fazia a passagem para a música seguinte aquilo soava-me a giz a raspar numa ardósia (ou isso ou a um choque em cadeia de 309435 carros numa auto estrada...Escolham vocês a imagem mais destruidora...)...

Outra coisa que gosto particularmente é verificar que num arraial pequeno como o cá da rua, existe a necessidade de ter 4 gajos de roda de uma grelha, o que significa que é malta perfeccionista...Não sai uma bifana que não esteja de acordo com os parâmetros mínimos dos quatro personagens...É o verdadeiro Hell's Kitchen versão arraial tuga...Claro está, que enquanto os 4 discutem se a maldita bifana está boa ou não, já aquilo virou carvão vegetal e o pobre diabo que a pediu continua a penar de fome...

Mas o que gosto mesmo à séria são as velhotas...São umas curtidas, desinibidas, grandes malucas, dançam a madrugada toda, verdadeiras fontes de boa disposição e anedotas que em 20 palavras, 384 delas são palavrões...Fantásticas!

Se usasse chapéu, tirava-o a elas...Como não uso, apanho o meu cabelo e faço uma vénia em sinal de respeito...

:)

Very good...Very nice...Very cheap???

 

Talvez seja apenas o meu mau feitio em ebulição mas quando penso em praia, penso em três coisas...

 

- Eu, a descansar...

- Eu, rodeado de água salgada...

- Eu, a resmungar com 2 putos a dizer-lhes que dá próxima vez que a p*ta da bola me acertar saco da ponta e mola e acaba-se a m*rda do jogo...

 

Não me recordo de em nenhum dos três pontos mencionados em cima dizer que aceito de bom grado ter um bacano de 2 metros com ar que saiu dum casting do Shaka Zulu a sorrir para mim a repetir o chavão deste verão...

- Very good, very nice, very cheap!!!

Pá, tudo bem...As tuas lunettes de sol são altamente estilosas, são bué nices e para cúmulo da coisa, são baratuchas...Mas...EU JÁ TENHO ÓCULOS DE SOL, PÁ!!!

E mesmo quando um gajo diz a palavra não, parece que a coisa não vai de encontro ao objectivo pretendido...

Tive de utilizar psicologia invertida...

Tentei-lhe vender os meus...

Acho que o tipo não achou grande piada...

Sou mesmo um incompreendido...

Há que adorar o feijão...

 

Talvez sejam as influências de ver o Marquês de Pombal transformado no Farmville por dois dias, mas tive uma epifania (ou isso, ou foi uma paragem de digestão, ainda estou na dúvida...)!

Vou-me dedicar ao estudo exaustivo do genoma do feijão frade para depois aplicá-lo em implantes mamários...

Já imaginaram?

Gastam-se milhões em sacos de gel de silicone que têm de ir à revisão de dois em dois anos quando bastava o genoma do feijão frade ser aplicado para um aumento da massa mamária em 24 horas...

É só pôr de molho...

:)

Milhares de euros poupados, centenas de mulheres com a auto estima elevada...E MILHÕES DE HOMENS AGRADECIDOS A UMA LEGUMINOSA PARA O RESTO DA VIDA!!!

(Tenho mesmo de começar a patentear estes conceitos...)

Isto quase parece um post de um gajo são...

Era uma vez alguém que falava por monossílabos...

Monossílabos átonos...

Palavras vazias de qualquer sentido, três ou quatro letrinhas ali colocadas meio marteladas na vã esperança que um dia as mesmas ganhem uma importância que o seu simples proferir condena logo à nascença...

Nem toda a gente tem o privilégio de saber manter uma conversa, ter o dom da palavra ou a capacidade de prender uma sala. Conheço algumas pessoas com essa nuance verbal e é um prazer dialogar com elas. Mais do que falar com essas pessoas, aprende-se muito só com o facto de saber ouvi-las e observá-las no processo mental.

Outras há em que o simples bom dia se torna um tormento, porque a seguir a isso nada mais existe. É como um jogo solitário de squash. Sabes exactamente o trajecto da bola porque no fundo és tu que a colocas lá. Não há bolas curvas, um vector inesperado, nada. Bates em frente, recebes em frente. Simples.

E estaremos nós dispostos a isto? A ter monólogos de 7ª categoria simplesmente porque...sim?

Haverá quem esteja...Haverá quem não queira ferir susceptibilidades e anda a marinar com um pseudo grupo de pessoas que nada lhe diz...

Deve ser dos cabelos brancos (ou do vinho branco...fica a dúvida) mas ando com uma incontinência verbal considerável...

 

(Eu bem sabia que beber Delta Q havia de ter efeitos nefastos na minha pessoa...)

Pág. 1/2

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2011

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D